Presentes artesanais para o natal

Standard

O Natal já está chegando e, com ele, uma preocupação: o que presentear aquele familiar mais querido ou o amigo mais próximo? Entrou na brincadeira do “amigo secreto” do seu grupo de amigos e ainda não sabe o que escolher ou deseja inovar na hora de presentear alguém? Uma boa sugestão para estas datas especiais e comemorativas são os presentes artesanais. Hoje em dia, é crescente o número de adeptos a este tipo de serviço, que gera milhões de empregos informais e uma renda extra todo o mês para quem o pratica.

O site Portal Brasil, do Governo nacional, realizou uma matéria em março de 2015 que informa que o artesanato contribui para o desenvolvimento do turismo no Brasil. A matéria, que exalta este tipo de trabalho que transforma matérias-primas em peças únicas, afirma que o artesanato aquece a economia nacional e atrai milhares de visitantes de dentro e fora do País por tamanha variedade das peças artesanais. O site também traz à matéria a informação de que cada região do País oferece um tipo de produto artesanal, caracterizando ainda mais a pluralidade de nossas regiões e contando histórias de cada pedaço do Brasil. Como por exemplo a região norte, os trabalhos são de cerâmica, barro, couro, látex, dentre outros; as regiões sul e sudeste utilizam a folha de bananeira em sua grande parte; a região nordeste se destaca pela renda de bilro, assim como cada região apresente uma exclusividade nas peças.

Por serem peças únicas e exclusivas, os produtos artesanais conquistam cada vez mais espaço na lista de presentes dos brasileiros, que aderem a eles facilmente. Hoje já encontramos variados tipos de produtos artesanais: peças de vestuário (blusas, vestidos, calças, saias, biquínis, dentre outros), utensílios de higiene e beleza (aromatizadores, sabonetes, cremes, hidratantes, perfumes, dentre outros), brinquedos (bonecas de pano e cerâmica, carrinhos, brinquedos educativos), bijuterias (brincos, anéis, pulseiras, colares, adornos de cabelo), acessórios (toucas, chapéus, bonés, cachecol, luvas, meias) e até mesmo utensílios domésticos e de uso geral do dia a dia. Cada item tem sua peculiaridade, que podem ser produzidos com os materiais mais simples ou até artigos de luxo, como joias, por exemplo. Outra dica é fazer um curso de confeitaria.

A crescente demanda dos produtos artesanais tem levado os produtores a trabalharem em cima de criação de site, que ajuda na divulgação dos produtos e disseminação da marca própria, aumentando ainda mais a cartela de clientes. Os sites, além de servirem como um portal para a exposição de marca, também podem apresentar todos os itens produzidos pelas mãos dos artesãos e facilitam a propagação dos trabalhos manuais. Em função disso, para o empresário do ramo artesanal que deseja se destacar em meio a este mercado, a criação de sites é um diferencial.

Para os mais interessados e experts na área de tecnologia e informática, a criação de uma loja virtual é uma ótima alternativa. Por meio da loja, o empresário pode expor seus produtos como em uma vitrine e vende-los de forma prática e segura. Além disso, a marca e os produtos do artesão podem alcançar um público ainda maior e mais abrangente, levando seus itens até públicos desconhecidos.

A Revista Exame listou, em fevereiro de 2015, os 20 negócios que mais crescem no Brasil. Dentre todos os negócios listados, o artesanato e o ensino de arte e cultura é um dos mais promissores, com um crescimento de mais de 119% nos últimos anos. Esta pesquisa só mostra que o mercado de artesanatos no Brasil só cresce e amplia cada vez mais suas ramificações, de maneira que todos tenham espaço e consigam divulgar seus produtos.

Uma reportagem do SBT relata que o mercado de artesanato brasileiro movimenta mais de R$50 bilhões por ano. No vídeo abaixo, localizado no YouTube, você pode conferir a reportagem completa.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *